Vitor Cesar

Fortaleza, Ceará, Brasil. 1978
Vive em São Paulo

Artista, trabalha em projetos gráficos e é professor. Sua atuação acontece de modo indisciplinado e ambivalente entre contextos da arte, do design e da arquitetura, orientada para uma a constituição de públicos a partir da experiência da vida cotidiana.

Estudou Arquitetura e Urbanismo na Universidade Federal do Ceará e participou do grupo de estudos do Alpendre. No mesmo período integrou a Transição Listrada – com Renan Costa Lima e Rodrigo Costa Lima –, grupo que atuou principalmente com intervenções pela cidade. Ainda na cidade iniciou – com os mesmos artistas da transição listrada – a Base, uma casa que funcionou como espaço de exposições, mostras, debates e performances. Realizou pesquisa de mestrado em Poéticas Visuais na Escola de Comunicação e Artes da USP, sob orientação de Ana Maria Tavares.

Participou de exposições e projetos em espaços como o Museu de Arte Moderna de São Paulo, Masp, Centro Cultural São Paulo, Instituto Tomie Ohtake, Instituto ItauCultural, Centro Cultural Banco do Brasil, Fundação Joaquim Nabuco, Museu de Arte Contemporânea do Ceará, Videobrasil, Casa do Povo, Paço Imperial, Pivô, entre outros. Participou da 8º Bienal do Mercosul, 33º Panorama da Arte Brasileira, 11º Bienal de Arquitetura de São Paulo.

Vem trabalhando em projetos gráficos com artistas e Instituições culturais na elaboração de linguagens visuais, sinalizações de exposições, livros e impressos.

Atualmente é professor da área de desenho na Escola da Cidade e orienta grupo de estudos na Escola Entrópica, no Instituto Tomie Ohtake.

Download dissertação de mestrado

vitor[at]vitorcesar.org

Construído com / built with Indexhibit